Ainda mais do 911 no SUV: o novo Porsche Cayenne Turbo

Novo modelo top da linha Cayenne com 550 cv, aerodinâmica ativa e freios de alto desempenho

Com o seu lançamento mundial no 67º Salão Internacional do Automóvel em Frankfurt, o novo Porsche Cayenne Turbo assume o primeiro lugar na linha de modelos. O modelo top de linha inteiramente novo da terceira geração do Cayenne eleva ainda mais o padrão de referência em matéria de performance esportiva na sua categoria. O motor biturbo V8 de quatro litros gera 404 kW (550 cv). A interação entre tecnologias inovadoras, tais como a aerodinâmica ativa com spoiler do teto, a suspensão a ar com controle e três câmaras, pneus mistos e novos freios de alto desempenho, constitui a base para a dinâmica de direção elevada. Com equipamentos opcionais adicionais, como o eixo traseiro direcional ou a estabilização elétrica de rodagem com sistema de 48 volts, o SUV adquire as características de direção de um verdadeiro carro esportivo. O novo Cayenne Turbo acelera de zero a 100 km/h em 4,1 segundos (3,9 segundos com pacote Sport Chrono) e atinge uma velocidade máxima de 286 km/h.

Design ainda mais acentuado

Com a dianteira exclusiva e os faróis principais de LED do Porsche Dynamic Light System (PDLS), o Cayenne Turbo conta com um visual dominante e único. À noite, o novo Turbo distingue-se dos outros modelos Cayenne por faróis dianteiros com duas fileiras. Rodas Turbo de 21 polegadas de série, exclusivas para o modelo top de linha, em cavas das rodas mais largas com frisos pintados marcam a vista lateral. Na traseira, saídas de escape duplas específicas do Turbo constituem características diferenciadas. Os frisos laterais das portas e a parte inferior traseira são pintados na cor do exterior. O interior totalmente novo evidencia a expansão da amplitude do Cayenne Turbo: mais esportividade e, ao mesmo tempo, maior conforto. É possível exibir e operar quase todas as funções do SUV totalmente interligado através dos displays e das telas touch de alta resolução do Porsche Advanced Cockpit. Estas incluem, por exemplo, o sistema de som Surround da BOSE® de série, com 710 watts. Motorista e passageiro da frente vivenciam o modelo top de linha em bancos esportivos com ajuste de 18 posições. Uma novidade são os encostos de cabeça integrados – estes também uma reminiscência do 911. Todos os assentos e o volante esportivo multifuncional com design turbo exclusivo são equipados de série com aquecimento.

Mais potência, mais torque: motor biturbo de oito cilindros com 550 cv

O coração do Cayenne Turbo é o novo motor V8 de quatro litros com superalimentação biturbo. Com uma potência de 404 kW (550 cv), ele supera o motor do modelo anterior em 22 kW (30 cv), enquanto o torque nominal de 770 Nm corresponde a um aumento de 20 Nm. Através da tração integral ativa Porsche Traction Management (PTM), a nova transmissão Tiptronic S de oito marchas converte ambos em aceleração e velocidade. O novo Turbo completa o sprint de zero a 100 km/h em 4,1 segundos (3,9 segundos com pacote Sport Chrono); a velocidade máxima é atingida a 286 km/h. Os turbocompressores de gás de escape dispostos no interior do cilindro em V, no chamado layout central do turbo, são característicos da nova geração de motores. Através da redução dos trajetos do gás de escape entre as câmaras de combustão e os turbocompressores, o motor reage de forma particularmente espontânea. O layout central do turbo propicia um desenvolvimento de potência nitidamente melhor. Outra vantagem é a estrutura compacta do motor. Isso possibilita uma posição de instalação mais baixa, o que contribui positivamente para a dinâmica de direção: o centro de gravidade é rebaixado, aumentando a precisão nas curvas.

Chassi ativo com suspensão a ar com três câmaras e pneus mistos

O novo chassi em construção leve do Cayenne Turbo reúne o melhor de três mundos: a precisão de um carro esportivo, o conforto de um sedã e a adaptabilidade de um SUV. Em especial, a combinação da nova suspensão a ar com três câmaras com o sistema ativo de amortecimento PASM aumenta significativamente a amplitude. O conceito dos novos pneus mistos com pneus de série de dimensões 285/40 na dianteira e 315/35 na traseira é oriundo da fabricação de carros esportivos e resulta em uma transmissão de potência ainda melhor nos sentidos longitudinal e transversal. Na suspensão a ar adaptável são empregadas três câmaras de ar por suspensão. Isso permite que o chassi seja capaz de adotar três diferentes constantes elásticas das molas. Com seis opções diferentes de níveis de altura, é possível ajustar manualmente o afastamento do solo em função do terreno em percursos off-road. Além disso, eles são controlados ativamente através de cinco novos programas de direção para condução nas ruas ou em terrenos off-road. Complementado pelo eixo traseiro direcional opcional, pela estabilização elétrica de rodagem Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC), ligada a uma rede de bordo de 48 volts, e pelo Porsche Torque Vectoring Plus (PTV+), o novo Cayenne Turbo adquire a dinâmica de direção de um carro esportivo. Ao mesmo tempo, há uma melhora da adequação ao cotidiano em manobras de estacionamento e de viragem, assim como do conforto.

Primeiro SUV com spoiler adaptável do teto e novos freios de alto desempenho

O novo Cayenne Turbo é o primeiro SUV equipado com um spoiler adaptável do teto como componente da aerodinâmica ativa. Dependendo da posição, ele otimiza a eficiência, aumenta o downforce sobre o eixo traseiro e, na posição Airbrake, reduz a distância de frenagem a partir de velocidades mais elevadas. Assim, em uma frenagem total a partir de uma velocidade de 250 km/h, a distância de frenagem percorrida pelo SUV até a parada total é reduzida em até dois metros. Desta forma, o sistema aerodinâmico complementa o efeito dos novos freios de alto desempenho Porsche Surface Coated Brake (PSCB), responsáveis pela desaceleração no Cayenne Turbo de série. A camada de carboneto de tungstênio aplicada nos discos de aço aumenta o desempenho de frenagem e a resistência ao desgaste. Ao mesmo tempo, o acúmulo de pó dos freios nos aros é reduzido. O sistema mais sofisticado do programa continua sendo o Porsche Ceramic Composite Break (PCCB) opcional.

next item
Lançamento da terceira geração do Porsche Cayenne
previous item
A Porsche no Salão Internacional do Automóvel - IAA 2017